fbpx

Faculdade Sinergia investe mais de 50 mil reais em equipamentos para laboratórios das engenharias

Esta é a última semana para você garantir sua vaga na pós-graduação da Faculdade Sinergia
Faculdade Sinergia está com matrículas abertas para pós-graduação direcionada a profissionais do direito
19 de agosto de 2019
Inscrições para o 1º Ciclo de Seminários estão abertas para o público acadêmico
Qualidade de vida e envelhecimento: Faculdade Sinergia promove 1º Ciclo de Seminários
20 de agosto de 2019

Faculdade Sinergia investe mais de 50 mil reais em equipamentos para laboratórios das engenharias

lab 02

A Faculdade Sinergia investe constantemente em seus laboratórios para que os alunos tenham a disposição o que há de mais moderno para a realização de aulas práticas. Para o segundo semestre deste ano foi realizado um investimento de 50 mil reais em equipamentos para os laboratórios de desenho técnico, de construção civil (SILACON) e de produção (SILAPRO) que são utilizados pelos acadêmicos das Engenharias Civil e de Produção, desde o primeiro período até o final dos cursos.

Para o laboratório de desenho técnico foram adquiridas réguas de diversos tipos para repor os kits e também compassos e escalímetros. Já os alunos da disciplina de mecânica dos solos I terão à disposição, a partir deste semestre, todos os equipamentos necessários para coletar, manusear e analisar os solos. Entre outros materiais, a Instituição adquiriu, extratores de amostras, permeametros, moldes cilíndricos, kits para limite de liquidez e de plasticidade e almofarizes de porcelana. “Nossos laboratórios estão cada vez mais completos e modernos. O aluno que ingressa nos cursos de Engenharia Civil e de Produção da Faculdade Sinergia, desde o primeiro período terá a oportunidade de vivenciar a prática com o que há de mais atual no mercado.”, destacou Presidente da Instituição, Professor João Matos.

E para completar esta compra de materiais, hoje chegaram diversos equipamentos para os acadêmicos do oitavo período que cursam a disciplina de metrologia. “Prezo muito para que os alunos possam aprender a teoria na prática. E estes investimentos são fundamentais para que isso aconteça. Hoje em dia, as diretrizes nacionais de ensino, pedem que as instituições formem profissionais de engenharia. Quando o aluno coloca a mão na massa, o aprendizado é muito mais significativo. Não adianta só estudar a teoria e como se faz o experimento, o importante é vivenciar, testar, colocar a prova e refazer para verificar como o estudo teórico se comporta na prática.”, enfatizou a coordenadora das engenharias, professora Josiane Nicolodi.

Assessoria de Comunicação e Mareting

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Última modificação: 19/08/2019

WordPress Image Lightbox Plugin